terça-feira, 31 de janeiro de 2012 2 comentários

52 Semanas de Bibliofilia - Semana #5

     Uma das melhores séries de livros da minha estante: Crônicas das Trevas Antigas da Michelle Paver.

*w*
segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 0 comentários

Caco de Livro - O Pequeno Príncipe #3

"- Eu conheço um planeta onde há um sujeito vermelho, quase roxo. Nunca cheirou uma flor. Nunca olhou uma estrela. Nunca amou ninguém. Nunca fez outra coisa senão somas. E o dia todo repete como tu : - Eu sou um homem sério! Eu sou um homem sério ! - e isso o faz inchar-se de orgulho. Mas ele não é um homem; é um cogumelo!"

O Pequeno Príncipe - Saint Exupéry
sábado, 28 de janeiro de 2012 0 comentários

52 Semanas de Biliofilia - Semana #4


     Não resisti... Tive de abrir as caixas. Estava me matando! Comecei a ler Eragon esta semana, estava lendo no tablet, mas sinto falta do papel, da textura, do cheiro.

     Me senti tão bem. Fiquei tão feliz de vê-los de novo, que pensei que realmente havia algo errado comigo. 
     Mas me conportei direitinho. tirei o Ciclo da Herança e lacrei a caixa novamente.
*u*

0 comentários

Projeto 2012 - Janeiro

     Eu demorei pra postar algo sobre este projeto, não que eu não tenha trabalhado nele durante este mês, mas, primeiro por que não consegui criar exatamente uma forma de quantificar os progressos, nem tampouco relatá-los.
     Depois de muito refletir, decidi que vou falar a cada mês (ou quinzena) sobre as metas das quais senti maior progresso, tentando da melhor forma possível justificar essas sensassões.

     Meta 10 - Ainda não consegui catalogar todos os meus e-mails, mas, criei as pastas e estou organizando sempre os que  recebo. Devagar, conforme vai me sobrando tempo, vou organizando so antigos.

     Meta 12 - Li nesse primeiro mês do ano, 6 livros, o que é um nímero muito bom para minha meta!

     Meta 13 - A Devaneios no Firmamento vai muito bem, obrigada! ^_~ Este é o 23º post do mês! E ainda teremos mais um caco de Livro na segunda e 52 Semanas de Bibliofilia na terça. Na verdade estou me sainda melhor do que imaginava, nesse aspecto!

     Meta 16 - Ainda não fiz um cofre, mas estou gurdando as moedas.

     Meta 20 - Meu progresso em emagrecimento até o momento foi de 1,9Kg. É pouco para um mês, sei que poderia ter sido melhor, mas é um começo.

     Acredito que essas tenham sido as metas com melhor avanço este mês, o que não significa que não tenha trabalhado nas outras, somente significa que minhas tentativas com relação as outras metas tiveram resultados catastróficos ou insignificantes, mas estamos em janeiro temos ainda 11 meses pela frente para acertar o que está errado.
     É claro que se for procurar desculpas pra procastinar, vou encontrar sempre, e quando nos obstinamos em trabalhar em algo, não há obstáculo que não possa ser quebrado, mas, essa situação de estar me mudando é realmente muito estressante e me atrapalha em muita coisa, principalmente no que tange organização espacial e de tempo! Tenho a impressão que meu ano só vai começar realmente quando conseguir terminar isso. 
sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 0 comentários

52 Semanas de Bibliofilia - Semana #3

     Encontrei este livro perdido e solitário, em um canto oculto da minha casa. Tinha separado-o para ler, por isso não foi para as caixas. Achei ela um pouco triste, abandonada...

0 comentários

Devaneios no Firmamento - Educação e Violência

     Educação e Violência

     É sabido na sociedade contemporânea o quanto esse assunto de educação e violência está saturado.
     Os limites se perdem entre o que é certo, o que costumava ser certo e o novo errado.
     O problema da sociedade contemporânea, é que os pais estão ocupados demais com outras coisas, para educar seus filhos, seja com palmadas, ou com diálogo. Tenho medo da sociedade em que meu filho terá de viver em alguns anos, mas tento fazer o melhor, para prepará-lo para isso. E não digo que jamais levantei a mão para um filho meu. Mas quando um adulto age de maneira agressiva com uma criança, ele atesta que não tem o controle. E se o adulto não tem o controle da situação, então quem tem? Certamente não é a criança. O problema maior é que com a falta de controle estabelece-se a falta de confiança. Como pode uma criança, que é totalmente dependente de seus pais, lidar com o fato de seus pais não tem controle do que ocorre com eles? Isso gera insegurança.
     E aí, você perde uma relação, que poderia ser agradável e duradoura, você transforma um laço, que poderia ser forte, baseado em confiança e respeito para estabelecer um laço diferente, muito mais frágil, baseado em medo e violência.
     O que eu acho curioso, é que é exatamente isso o que procuramos em uma relação: Confiança e respeito. Por que somos incapazes de orfertar isso a nossas crianças?
     Fato é que, quando estamos falando de crianças, em especial, nossos filhos, precisamos manter em mente, que não estamos falando com hamsters ou cães! Estamos falando com seres pensantes! Estão sim, em construção, e podem não ser tão inteligentes como você (ou não), mas ainda assim, são seres pensantes, com capacidade de compreensão.
     Quando mantemos isso em mente, podemos supor que eles possuem capacidade de aprendizado através de exemplo e diálogo. E não somente através do medo e da dor.
     Talvez as crianças tenham sido, sim subestimadas pelos adultos em gerações passadas, e sim, nós sobrevivemos à violência de nossos pais, nós aprendemos. Mas a pergunta é: É mesmo esse o melhor método? Oras, não fazemos mais as coisas à maneira de nossos pais no que tange comunicação, fotografia, tecnologia, finanças, alimentação, estruturação familiar,... Como pode-se verificar, tantas coisas que eram feitas de uma maneira, ficaram ultrapassadas, então, por que haveriamos de não nos questionar a respeito de, o que devemos levar à próxima geração e o que não devemos, no que diz respeito aos nossos filhos?
     O que vejo é que estamos inseridos em um ciclo. Um ciclo de violência, em que seus pais, levavam umas belas bordoadas dos seus avós, e com isso aprendiam as coisas certas da vida, e assim como os pais deles, seus pais aprenderam, que o melhor para educar um filho é uma boa palmada, e você por sua vez, está apenas seguindo o curso do ciclo. Sem se questionar, qual a melhor forma de mostrar a uma criança e a um adolescente quais são os limites. A verdade é que nos escondemos por vezes no: "sempre foi feito assim, e sempre deu certo", mas a verdade é que se você se questionar profundamente, não vai saber responder, por quê bate no seu filho. E se "assim sempre deu certo", então, está na hora, de começarmos a fazer melhor, melhor do que certo.
     Nunca é fácil romper um ciclo, principalmente enquanto ainda estamos girando e girando, mas é preciso. Dê o primeiro passo.
  
quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 0 comentários

Projeto 52x5 - Semana #4

Difícil, sou uma colecionadora de citações.


     Minhas citações preferidas:

- "Você tem liberdade de ser você mesmo, de ser o seu próprio eu, aqui e agora, e não há nada que possa interpor-se no seu caminho. Essa é a lei que é."
Fernão capelo Gaivota - Richard Bach

- "Não é estranho como um livro fica mais grosso depois de ser lido várias vezes? Como se a cada vez, ficasse algo grudado nas páginas. Sensações, ruídos, cheiros... E então, quando folheia novamente o livro, depois de muitos anos, você encontra a si mesmo ali, um pouco mais novo, um pouco diferente, como se o livro tivesse guardado você, como uma flor prensada. Estranha e familiar ao mesmo tempo."
Sangue de Tinta - Cornelia Funke

- "Eu lucro, disse a raposa, por causa da cor do trigo."
O Pequeno Príncipe - Saint Exupéry

- "E não é só o mundo que eu perco, não é só tudo e todos que amo. Eu me perco a mim mesmo. Zás — e eis que eu sumi”
A Garota da Laranjas - Jostein Gaarder


- "No momento em que eu decidir que eu vou nadar contra a correnteza, eu não vou só nadar contra a corrente, eu vou fazer a corrente seguir as minhas braçadas. Daí então, tudo vai mudar."
Cleber Maia
0 comentários

Diário Literário - Charlie e o Grande Elevador de Vidro

     Desafio Literário – Jan/12 – Literatura Gastronômica
     O que é esse Desafio Literário?
    
Tudo sobre o desafio Literário.

     Depois de apresentar pra vocês Meu Segredo, e as leituras de O Clube das Chocólatras, A Dieta das Chocólatras, Julie & Julia e A Fantástica fábrica de Chocolate, me senti curiosa para saber como a história de Charli e Willie Wonka continuavam.
     Meu Livro nº 5 do Desafio Literário foi Charlie e o Grande Elevador de Vidro de Roald Dahl da Editora Martins Fontes

      Assim com em A Fantástica Fábrica de Chocolate, trata-se também de um livro infantil. A história é bem curta e de fácil compreensão, também ilustrado pela Cláudia Scatamacchia.
     Eu nunca soube, até ha bem pouco tempo, quando saí pra procurar pelo famoso livro de Roald Dahl,  que A fantástica Fabrica de Chocolate tinha uma continuação. Compreensível visto que nem de longe é tão conhecido quanto o primeiro. E depois de ler Charlie e o Grande Elevador de vidro eu entendi porque.
     O livro começa no ponto exato onte termina A Fantástica fábrica de chocolate. Dentro do elevador de vidro, Charlie e sua Família composta de pai, mãe e quatro avós, mais uma cama de casal de onde seus três avós não se levantam, partindo em direção a Fantástica Fabria de Chocolates Wonka. Porém, deivido a um erro de cálculo, quando estão levantando vôo, voam alto de mais e acabam por ficar presos na órbita da terra, por lá acabam por viver uma aventura espacial, um tanto quanto assustadora para uma criança e um tanto quanto medonha pra mim. Retornando finalmente, depois de vários sustos à Fantástica Fabrica de Chocolates Wonka, nos deparamos com mais algumas peripécias e invensões malucas do Sr Wonka, e conhecemos mais algumas criaturinhas medonhas chamadas gnúlis e lugares bem assustadores onde não se deve ir.

     Achei o livro um tanto quanto aterrorizante para uma criança. Não, claro que não fiquei com medo! É um livro infantil, cheio de fantasias. Mas cheio também de Cnidos Vermicosos (criaturas alienígenas asqueirosas, que podem devorar a cabeça de uma pessoa a distância de 50 metros) e Gnúlis (criaturas que abitam a menoslândia - e nem tente imaginar o que é a menoslândia - e não podem ser vistos, nem sentidos, a não ser que você seja picado, então você já era). Acho que se tivesse uns 8 anos e lesse este livro, teria pesadelos!


Charlie e o Grande Elevador de VidroAutor: Roald Dahl
Editora: Martins Fontes
ISBN: 978-85-336-0982-5


êê
quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 2 comentários

Diário Literário - Sangue e Chocolate

     Quando encontrei esse livro (procurando pela palavra chocolate em títulos de livros no SKOOB), achei que tinha encontrado um diamante. No mês da Literatura Gastronômica do Desafio Literário, encontrei um livro, que (supostamente) além de gastronômico, se passa em uma chocolateria e ainda por cima é de literatura fantástica! Fiquei super feliz! Adoro literatura fantástica! Adoro lobisomens!
     Acontece que minha alegria durou pouco. Terminei o livro e não apareceu sinal de um mísero bombonsinho sequer! Fiquei meio que FULADAVIDA! Fiquei tão brava que decidi que nem ia fazer resenha coisa nenhuma!
     Mas, depois que a minha raiva passou (isso sempre acontece comigo), eu fiquei pensando, o livro é bom. Ele não tem culpa de ter um nome absurdo! E também, tinha me comprometido de fazer resenhas para TODOS os livros que eu lesse em 2012.

     No livro acompanhamos Vivian uma loup-garou (lobisomem) adolescente, tentando lidar com os problemas normais da adolescência, com a perda recente do pai e com uma família/matílha em desordem pela perda do líder (sim, era o pai dela).
     Viv é, diferente da maior parte das protagonistas femininas que conhecemos. É uma garota segura, desinibida, sedutora e dominadora. Selvagem, eu diria. Ela tem todos os jovens lobos da matílha brigando por ela, porém não foi capaz de evitar se apaixonar pelo "garoto-carne" (isso mesmo, um humano), Aiden.
     Aiden é um adolescente comum integrante da Ameba: "Uma grande massa amorfa que fica mudando de tamanho, não tem muita utilidade aparente, às vezes te deixa doente e ocasionalmente se separa em partes menores que agem exatamente do mesmo jeito que o genitor." Aiden sempre demonstra grande interesse pelo sobrenatural e parece muito compreensivo. O que leva Viv a pensar, que , talvez, ele fosse capaz de realmente entendê-la, e a acreditar que seria possível viverem felizes para sempre.
     O problema é que a matílha não apoia nem um pouco este flerte de Vivian e ela precisa encontrar seu lugar entre suas "duas faces".

     O livro tem um bom ritimo narrativo, e tem os elementos sobrenaturais que me atraem em uma história e, ao contário de muitas resenhas que li, não achei o final tão previsível assim. E por isso mesmo, achei muito bom.




Sangue e Chocolate
Autor:
Annette Curtis Klause
Editora: Underworld

ISBN.: 978-85-640-2524-0

êêê
0 comentários

52 Semanas de Bibliofilia - Semana #2

    
Como mencionei no post de ontem, meus livros estão em caixas! T-T
     Então esta é minha biblioteca portátil, com a qual tenho tido de me contentar este mês.
     Não estou reclamando! Amo meu tablet de paixão (e amo o Luffy também), mas nada substitui os meus livros de verdade!
0 comentários

Projeto 52x5 - Semana #3


     Coisas pra se fazer no calor:

- Ir pra praia \o/;
- Se não der pra ir pra praia, ficar de molho na piscina;
- Comer Sorvete, de preferência no buffet;
- Andar de bicicleta;
- Curtir a noite.
1 comentários

Diário Literário - Julie & Julia

     Desafio Literário – Jan/12 – Literatura Gastronômica
      O que é esse Desafio Literário?
      Tudo sobre o desafio Literário.

     Depois do apresentar pra vocês Meu Segredo, e as leituras de O Clube das Chocólatras, A Dieta das Chocólatras e A Fantástica fábrica de Chocolate, pro bem da minha dieta, resolvi sair um pouquinho do chocolate e embarcar com Julie Powell na Fantástica culinária Francesa com meu quarto livro para o Desafio Literário 2012!

Pâté de Canard en Croûte
      Meu Livro nº 4 do Desafio Literário foi Julie & Julia de Julie Powell da Editora Conrad

     Julie Powel, texana de berço, Nova Yorkina por opção, próxima dos 30 anos, casada desde os 24 com o namorado do colegial, sem filhos, com síndrome de ovários policisticos, secretária, infeliz profissionalmente e completamente louca e psicótica.
     Julie está enfrentando uma crise existencial. Sabe quando você está chegando perto dos trinta e para pra pensar, o que foi que você realizou na vida? Pois é, a Julie sabe. Ela chegou aos seus 29 anos e chegou também a conclusão de que sua vida estava toda errada. Ela odiava onde trabalhava, detestava o fato de todos (inclusive seu ortopedista) lhe cobrarem sobre a maternidade e odiava o fato de estar chegando aos 30 anos com a sensação de que, tirando Eric, seu marido, não havia conquistado nada de importante na vida.
     Então, sem saber muito o por quê, ela resolveu iniciar um projeto culinário. Cozinhar 524 receitas do primeiro livro de Julia Child, Mastering the Art of French Cooking, em 365 dias e relatar a experiência em seu blog.

     Gostei da experiência de ter lido este livro. Achei interessante ser baseado em algo que realmente aconteceu, não é o tipo de leitura com a qual estou acostumada, e foi uma experiência muito divertida. Me identifiquei bastante com Julie em vários aspectos. Seu estilo narrativo é muito espontâneo e irreverente, e seus surtos psicóticos são, no mínimo muito engraçados. Não que eu ache engraçado, uma mulher gritando com o marido, chamando-o de "Seu idiota" enquanto atira em sua direção, pedaços demassa crua engraçado, mas é no mínimo comico, não?
     Acho que Julie não imaginava que esse seu projeto pessoal a levaria tão longe. O que gostei bastante na Julie, é que, ela começou esse projeto, para preencher um vazio que sentia, sem saber muito bem, por que cozinhar as receitas daquele livro despertava algo nela. Ela precisou levar o projeto até o final, para entender o que procurava.






Julie & Julia
Autor: Julie Powell
Editora: Conrad
ISBN: 978-85-761-626-81
êêêêê
terça-feira, 24 de janeiro de 2012 0 comentários

52 Semanas de Bibliofilia - Semana #1

     Infeizmente esta imagem retrata totalmente minha relação com meus livros no momento! T-T
     Como estamos de mudança já desde o começo de janeiro, estão encaixotados...
     Miss you my babys!
0 comentários

Projeto 52x5 - Semana #2


     Eu Nunca:

- Fraturei um osso;
- Viajei pra fora do país;
- Tirei licença para dirigir;
- Andei de avião;
- Vi a neve!
1 comentários

Diário Literário - A Fantástica Fábrica de Chocoate

     Desafio Literário – Jan/12 – Literatura Gastronômica
    O que é esse Desafio Literário?
      Tudo sobre o desafio Literário.

      Depois do apresentar pra vocês Meu Segredo, e as leituras de A Dieta das Chocólatras e O Clube das Chocólatras, sigo na onda do chocolate, com meu terceiro livro para o Desafio Literário 2012!

      Meu Livro nº 3 do Desafio Literário foi A Fantástica Fábrica de Chocolate de Roald Dahl da Editora Martins Fontes

     Livro infantil, curto de fácilima compreensão, com ilustrações engraçadíssimas da Cláudia Scatamacchia.
A história do livro, já é bem conhecida de muitos. Trata-se de uma fábrica de chocolates, gigantesca e misteriosa, a qual, embora seja possível ver fumaça saindo das chaminés e sentir um cheiro de chocolate inigualável nas proximidades, nunca se vê pessoas entrando ou saindo da fábrica. Trata também de um menino: Charlie Bucket, que, juntamente com Augusto Glupe, Veroca Sal, Violetta Chataclete e Miguel Tevel, recebe o passaporte, o bilhete dourado, apenas cinco em todo o mundo, concedendo o privilégio de conhecer de perto esta tão misteriosa fábrica e desvendar seus  segredos.
     O que realmente me chamou a atenção neste livro, é que, para um livro de 1964, ele continua sendo bem atual! Nos pensamos que nossa geração não tem controle sobre as crianças, e que cada vez mais, a sociedade perde os valores e virtudes que costumavam ter importância. na verdade, de acordo com este livro, este problema não é dessa decada, nem tampouco deste século!
     Um excelente livro para se presentear uma criança, por sua bela lição, de que ser bom e se comportar, sempre rende bons resultados no final, mesmo que por vezes, pareça difícil e pareça que não vale a pena. certamente um livro que estará na estante do meu filho.

A Fantástica Fábrica de Chocolate
Autor: Roald Dahl
Editora: Martins Fontes
ISBN: 978-85-336-0982-5
êêê
segunda-feira, 23 de janeiro de 2012 0 comentários

Projeto 52x5 - Semana #1

     Como entrei no projeto 3 semanas atrasada, quase quatro, vou precisar dar uma arrancada acelerada, pra compensar!

     Coisas que me fazem ficar feliz:

- Acordar com um beijo;
- Ler um livro que valha a pena;
- Quando sou lembrada, quando falam ou escrevem: "Lembrei de você"^_~;
- Banho demorado;
- Respirar. Respirar fundo e sentir-se preencher.
0 comentários

Projeto 52x5 e 52 Semanas de Bibliofilia

   
      Na sexta-feira, tomei conhecimento deste Projeto Projeto 52×5 Momentos para Compartilhar, no blog da Tábata, Happy Batainha, Blog que eu acompanho assiduamente e recomendo! ^_~
      Achei a proposta interessante, então fui conhecer o Blog da Pri, dona da idéia, do Devaneios e Metamorfoses, Blog com o qual me identifiquei bastante, a começar pelo nome! ^_^
      Decidi, então, participar dos dois projetos propostos pela Pri: Projeto 52×5 Momentos para Compartilhar e 52 Semanas de Bibliofilia. Vamos às explicações:


     A regra é única e simples: Citar 5 respostas a cada uma das 52 perguntas, respondendo a uma pergunta por semana, em forma de "Top 5".

     Semana 1: Coisas que me fazem ficar feliz:
     Semana 2: Eu nunca...
     Semana 3: Coisas pra se fazer no calor:
     Semana 4: Minhas citações preferidas são: (trechos de livros, de músicas, frases de autores, etc)
     Semana 5: Fazem parte da minha wishlist:
     Semana 6: Os super poderes que eu gostaria de ter se fosse um super heroi seriam:
     Semana 7: Eu sempre...
     Semana 8: Os melhores filmes infantis que já assisti foram:
     Semana 9: Pessoas que eu gostaria de conhecer / ter conhecido:
     Semana 10: Minhas comidas preferidas são:
     Semana 11: Meus brinquedos preferidos na infância eram:
     Semana 12: Coisas pra se fazer no frio:
     Semana 13: Fico sem graça quando...
     Semana 14: Meus sites preferidos na internet:
     Semana 15: O que há de pior no mundo virtual?
     Semana 16: Isso, pra mim, não é diversão:
     Semana 17: Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia: (filmes, livros, seriados, etc)
     Semana 18: Sinto saudades...
     Semana 19: Meus seriados preferidos:
     Semana 20: Fico de mau humor quando...
     Semana 21: Meus piores defeitos:
     Semana 22: Na minha geladeira, tem que ter:
     Semana 23: Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo:
     Semana 24: Casais preferidos (filmes, seriados, livros, etc)
     Semana 25: Tenho aflição de...
     Semana 26: Se eu pudesse trocar de profissão, eu seria...
     Semana 27: Coisas legais pra se fazer nas férias:
     Semana 28: Minhas maiores "neuras" e manias são:
     Semana 29: Filmes que me falam ao coração:
     Semana 30: Fico impaciente com pessoas que...
     Semana 31: Quando não tenho nada pra fazer, gosto de...
     Semana 32: Ainda quero aprender:
     Semana 33: Tenho medo de...
     Semana 34: Livros que eu acho que todo mundo deveria ler:
     Semana 35: Minhas piores compras foram:
     Semana 36: Morro de preguiça de...
     Semana 37: O que, de melhor, o mundo virtual te trouxe/traz?
     Semana 38: Desculpe, mas eu acho brega:
     Semana 39: Minhas melhores qualidades:
     Semana 40: Meus "cheiros" preferidos são:
     Semana 41: As coisas mais difíceis num relacionamento amoroso são:
     Semana 42: Quer acertar no meu presente? Então me dê...
     Semana 43: Músicas que eu não canso de ouvir:
     Semana 44: Meus vilões preferidos são:
     Semana 45: Lembra a minha adolescência:
     Semana 46: Parece que todo mundo sabe _______________, menos eu:
     Semana 47: Quando estou apaixonado(a) eu...
     Semana 48: Nunca tive coragem de...
     Semana 49: Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer:
     Semana 50: Pessoas que eu admiro:
     Semana 51: Coisas que me marcaram neste ano que está acabando:
     Semana 52: No ano que vem eu quero: 

Bibliofilia = amor aos livros

Regra:Postar uma imagem por semana da relação que você estabelece com os livros e o modo como eles aparecem no seu cotidiano. Podem ser imagens de qualquer tipo, desde que sejam fotos da sua autoria. ^_~ Simples!

Nunca participei de nenhum projeto fotográfico na vida, e aliás, sou péssima fotógrafa! Vamos ver o que acontece!

Caco de Livro - Caçador de Pipas

"É melhor uma verdade que dói do que uma mentira que conforta." - O caçador de pipas - Khaled Hosseini
segunda-feira, 16 de janeiro de 2012 0 comentários

Caco de Livro - Marley e Eu

"Na solidão da escuridão, quase consegui sentir a finitude da vida e sua preciosidade. Não damos valor, mas ela é frágil, precária, incerta, capaz de terminar a qualquer momento, sem aviso. Lembrei-me do que deveria ser óbvio, mas nem sempre é: que cada dia, cada hora e cada minuto merecem ser apreciados." - Marley & Eu - John Grogan
sábado, 14 de janeiro de 2012 3 comentários

Diário Literário - A Dieta das Chocólatras

     Desafio Literário – Jan/12 – Literatura Gastronômica
      O que é esse Desafio Literário?
      Tudo sobre o desafio Literário.


    Depois do apresentar pra vocês Meu Segredo, no maior clima chocólatra, apresento o meu segundo livro para o Desafio Literário 2012!

     Meu Livro nº 2 do Desafio Literário foi A Dieta das Chocólatras de Carole Matthews da Editora Bertrand Brasil

     O livro começa, conolágicamente logo após o término de "O Clube das Chocólatras".
     Comparado ao anterior, achei ele bem menos "apetitoso". A começar pela capa, que não dá nenhuma vontade de comer. Também a quantidade de chocolate nas páginas diminuiu considerávelmente. Eu diria que comparado ao primeiro livro, este segundo, teve bem menos glicose!

     Lucy continua sendo um desastre humano, colocando homens maravilhosos no lixo e voltando para o ex-noivo Marcus-Galinha-Canning.  Auntumn, continua tendo problemas para tentar ajudar o irmão Drogado, deixando de lado sua vida pessoal. Nádia continua tendo problemas pra lidar com o vício do marido em jogos de azar. E Chantal continua tendo problemas pra convencer seu marido a fazer sexo.
     Bom, impossível não comparar, né. Na vedade o livro é bem uma repetição do primeiro, sem nada de novo, sem nehuma nova trama emocionante. Não é uma total perda de tempo,  mas comparado ao primeiro, deixa bastante a desejar e não surpreende em nada.

O Clube das Chocólatras
Autor:
Carole Matthews
Editora: Bertrand Editora
ISBN. 978-85-286-1338-4

êê
sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 0 comentários

Devaneios no Firmamento - Sinceridade e Educação

     Sinceridade e Educação

     Venho percebendo que algumas pessoas têm dificuldade em diferenciar essas duas palavras.
     Coisas tão, mas tão distintas, misturadas e confundidas.

     Eu percebo, como é importante procurarmos pela sinceridade, como a vida se torna mais fácil quando somos sinceros. Sem tentar manter uma aparência, sem tentar segurar uma máscara. Por que quando seguramos por muito tempo uma máscara diante do rosto, ela vai ficando mais e mais pesada, e os braços ficam cançados... ela eventualmente acaba por cair, e espatifar-se ao chão.
     É saudável, estar livre para sentir-se e expressar-se como melhor lhe convir. É Libertador.
     Mas não é saudável, usar a palavra sinceridade, para esconder a estupidez e a grosseria.
 
  Quando você “expressa a sua opinião” sem esta tenha lhe sido solicitada: Isto não é sinceridade, isto é invasão!!
     Quando você ofende uma pessoa, ao expressar o que pensa a respeito dela: Isto não é sinceridade, isto é grosseria!!
     Ou, se você faz ainda pior. Se você expressa a sua opinião negativa sobre uma determinada pessoa, à outra: Isso definitivamente não é sinceridade, isso é falta de caráter!!
     Então, se você costuma praticar atos assim, e não se dispõe a mudar, por que “é sincero”, Faça um favor a si mesmo e ao próximo. Não diga:
     “- Ah! Eu digo mesmo, é verdade! Eu sou bem sincero!”
    
Não se esconda atrás de falsa sinceridade!
     Seja realmente sincero, e diga:
     “Eu sou grosseiro, mesmo” ou “ Eu falo, sou mesmo mau-caráter”
     Então, acho que quando começarmos a assumir e aceitar de há realmente algo errado nesse comportamento, então seremos capazes de muda-lo.
2 comentários

Pecado Delícia - Segredo de Chocolate

     Me empolgando com as leituras de janeiro do Desafio Literário 2012: O Clube das Chocólatras e a Dieta das Chocólatras. Resolvi compartilhar aqui um dos meus segredos supersecretos!!!
     É um recurso que uso somente para emergências!
     Sabe aqueles dias em que tudo dá errado? E você chega em casa com a cabeça pesando toneladas e sente uma necessidade compulsiva incontrolável de chocolate?
     Então, é pra esses dias, que guardo meu segredo. Mas, é bom avisar de antemão. Se você é fraco, e tem dificuldade de resitir as tentações dessa vida, nem continue lendo. Meu segredo é altamente viciante e requer uma quantidade supra de força de vontade para resistir!!

     Segredo de Chocolate

Ingredientes:

     - 2 colheres de sopa rasas de margarina;
     - 2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo
     - 2 colheres de sopa rasas de leite
     - 2 colheres de sopa extramegamaster de ToddyÒ

Preparo:

     Bom, agora é que vem a parte difícil! Você pega, todos esses ingredientes, e coloca em uma xícara. Então mistura tudo, até ficar um creme homogêneo. Vai ficar mais consistente que massa de bolo. Dá vontade de comer assim mesmo, mas segure a vontade e leve ao microondas por 1 minuto.
     Quando terminar o tempo, embora seja muito difícil, espere ele esfriar um pouquinho, por que do contrário você vai queimar a boca.
     O segredo não fica com consistência de bolo, e também não fica com consistência de biscoito. Fica algo entre um pudim e um brownie. E se você acertou no tempo (depende do microondas), ele fica com uma cobertura cremosa no fundo da xícara. Se quiser, pode desenformar e servir em um píres. Ou se o desespero for grande, pode comer na xícara mesmo!
     
     A parte boa dessa receita, é que ela já tem a quantidade exata e necessária para aplacar as aflições e a necessidade de chocolate. Por tanto, use de diciplina e não faça-a repetidas vezes, uma atras da outra!
     Procure não recorrer a ela todo o dia também, se você presa um pouquinho a sua silhueta! ^_~
     Não tenho nem idéia de quantas calorias tem, e, se alguem descobrir e me contar, com certeza vai apanhar bastante, mas da pra imaginar, né!
     Se você optar por se aveturar nesse pecado, não deixe de passar por aqui e me contar a sua desventura!


     Essa receita foi adaptada da receita Mini Brownie de Microondas do site Na minha Panela. Uma receita supersimples, mas como sou preguiçosa, simplifiquei ainda mais. ^_^
quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 0 comentários

Diário Literário - As Duas Guerreiras

     As Guerras do Mundo Emerso 2- As Duas Guerreiras.

     Esta Resenha deveria ter sido postada, ainda no final do ano passado, porém, com as festas de final de ano e confusão de começo de ano, foi sendo procrastinada, até agora. 

     Neste segundo livro da trilogia, depois de A Seita dos Assassinos, seguimos acompanhando Dubhe e Lonerin, juntos novamente em uma nova missão. Devem viajar até o continente desconhecido, além das terras do mundo emerso, crusando o rio Saar e encontrar o mago lendário, Sennar (herói das Crônicas do Mundo Emerso). Devem porém despistar os assassinos da seita que, juntamente com Rekla, Guardiã dos Venenos e Monitora chefe da Guilda dos Assassinos, seguem seu rastro em busca de vingança pelos fatos ocorridos no primeiro volume da saga.
     Duas Guerreiras, cada qual com sua missão, cada qual lutando pelo que acredita. Dubhe, buscando por sua salvação e pela paz no Mundo Emerso. Rekla, em busca de justiça para seu Deus.
     Como em A Seita dos Assassinos, acompanhamos aqui, narrativas paralelas, Alé de acompanharmos Dubhe e Lenorin, e em seu enlaço, Rekla e seus Assassinos, no continente do Mundo Emerso, acompanhamos Ido em sua missão de Encontrar e proteger a descendência de Nihal(heroína das Crônicas do Mundo Emerso e semi-elfo) das garras da guilda, que está no enlaço de um semi-elfo para realizar um ritual sagrado ao Deus Assassino Thenar.
     Uma leitura envolvente, para o leitor,uma viagem inesquecível a um mundo fantástico, construído em detalhes, com as mais belas paisagens e as mais fantásticas criaturas.

As Guerras do  Mundo Emerso 2- As Duas Guerreiras
Autor: Licia Troisi
Editora: Racco
ISBN.: 978-85-325-2457-7
Ano: 2009
Nº. de Págs.: 400
êêêê
terça-feira, 10 de janeiro de 2012 4 comentários

Diário Literário – O Cube das Chocólatras

     Desafio Literário – Jan/12 – Literatura Gastronômica

     O que é esse Desafio Literário?
     Tudo sobre o desafio Literário.

     Bom, embora tenha começado meu ano literário atrasada, estou muito animada com minhas metas e expectativas literárias para este ano, principalmente no que diz respeito ao Desafio Literário!

     Meu Livro nº 1 do Desafio Literário foi O Clube das Chocólatras de Carole Matthews da Editora Bertrand Brasil.

     O livro já começa a torturar o leitor logo na capa, com uma imagem que dá vontade de lamber a capa. E não para por aí não, o livro te tortura do primeiro ao último parágrafo. Recheado de todos os tipos, sabores e texturas de chocolate.
     Vou dizer que me descobri chocólatra depois deste livro. E que mulher não é!
 
     Lucy Lombard é uma mulher jovial, engraçada, desastrosa, destrambelhada, e chocólatra! Essa é nossa personagem principal, que nos leva, junto com suas melhores amigas e membros do Clube das Chocólatras: Auntumn, Nádia e Chantal, a viver os dramas, as alegrias e as tristezas de ser mulher no mundo de hoje.
     Muito fácil para uma mulher contemporânea se identificar com uma das mulheres do clube. Cada uma com sua personalidade marcante e sua história de vida. Mulheres completamente diferentes, que compartilham um prazer e um pecado em comum. O Chocolate!
     Sempre que um membro do Clube enfrenta uma crise, pega o celular e envia para os demais membros do Clube a mensagem: “EMERGÊNCIA CHOCOLATE”. Então todas já sabem o que devem fazer: Ir o mais rápido possível para o “Paraíso do Chocolate”. O ponto de encontro e refúgio em momentos de crise para nossas amigas do Clube das Chocólatras.

     Um livro de leitura fácil, com ritmo envolvente. Trata de assuntos delicados com leveza, sabendo temperar na dose certa, o drama, o romance e a comédia. e, é claro tudo isso regado a muito chocolate, o que torna o livro simplesmente irresistível!
    
     Acho que todas as pessoas deveriam ter um lugar secreto, onde se sintam seguras e à vontade, um refúgio, um paraíso particular. E todas as pessoas deveriam ter pelo menos uma pessoa a quem possa soar o alarme “Emergência” e ter certeza de ser socorrida, mesmo em uma crise emocional (acho que principalmente nessas).

O Clube das Chocólatras
Autor: Carole Matthews
Editora: Bertrand Editora
ISBN. 978-85-286-1338-4
êêêê

      
segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Caco de Livro - Harry Potter e o Enigma do Príncipe

"E, sem pensar, sem planejar, sem se
preocupar com o fato de que cinqüenta pessoas estavam olhando, Harry a beijou." - Harry Potter e o Enigma do Príncipe - J.K.Rowling
segunda-feira, 2 de janeiro de 2012 0 comentários

Caco de Livro - O Vendedor de Histórias

"Talvez a força que fazia correr a minha imaginação, fosse aquilo que eu estava sempre a procurar esquecer, mas de que também não conseguia verdadeiramente me recordar. Porquê gastar tantas energias para esquecer uma coisa de que não conseguia recordar-me?" - O Vendedor de Histórias - Jostein Gaarder
 
;