quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Diário literário - Jogos Vorazes

     Jogos Vorazes

     O cenário é Panem. Nação estabelecida não se sabe quando, e nem exatamente onde (a princípio em algum lugar onde um dia foi os USA), possivelmente em um futuro pós apocalíptico de nossa atual nação. Panem é dividido em 13 distritos, onde cada distrito é isolado, sem qualquer comunicação com os outros, e cada distrito é responsável pela produção bens de um setor específico com o intuito de suprir o Capitólio em suas necessidades.
     O Capitólio. Cidade rica e próspera que vive à custa da exploração dos doze distritos. Governo de regime totalitarista e opressor, tirano e escravizador dos doze distritos remanescentes após os dias Sombrios.
     Os Dias Sombrios. Referem-se à primeira guerra civil travada entre os 13 distritos e o Capitólio, em uma tentativa de libertar os Distritos da opressão. Porém  o Capitólio possuía maior poderio militar e tecnológico, desenvolvendo mutações genéticas e as utilizando como armas. Utilizando-se também de uma barreira natural de montanhas, que tornavam os ataques muito difíceis. Com a total extinção do distrito 13, o Capitólio conseguiu pôr fim a rebelião e subjugar novamente os doze Distritos remanescentes. E para que os Distritos não pudessem esquecer de sua submissão, foram estabelecidos os Jogos Vorazes.
     Os Jogos. As regras são simples. Como punição pela revolta, cada um dos doze distritos devem providenciar uma garota e um garoto, chamados tributos, para participar. Os vinte e quatro tributos serão aprisionados numa vasta arena ao ar livre que pode conter qualquer coisa de um deserto ardente a uma devastação congelada. Pelo período de poucas semanas, os competidores devem lutar até a morte. O último tributo de pé ganha.
     Quaisquer palavras que usem, a real mensagem é clara. “Olhe como nós tomamos suas crianças e as sacrificamos e não há nada que vocês possam fazer. Se você levantarem um dedo, destruiremos cada um de vocês. Assim como fizemos no Distrito Treze.”

     Nossa história começa no dia da colheita (dia em que são sorteados os nomes dos p´roximos tributos) do 74º ano dos Jogos Vorazes. Nos últimos 73 anos, 1679 crianças morreram nesses jogos. Este ano, mais 23 morrerão.
     Somos levados por Katniss Everdeen, que nos narra a história em primeira pessoa.
     Katniss é uma garota de 16 anos do distrito 12. Uma garota destemida e batalhadora, endurecida pelos infortúnios de sua vida. Katniss perdeu o pai em um acidente nas minas quando tinha ainda 11 anos de idade., o que levou sua mãe à depressão profunda e a obrigou a assumir o próprio sustento, da irmã menor e da póropria mãe para não morrerem de fome. Como tinha apenas 11 anos, não tinha idade suficiente para se inscrever para o Téssera, (uma espécie de ração que o Capitólio oferece em troca de uma incrição extra nos Jogos Vorazes) tão pouco para trabalhar nas minas. Mas ela acabou por lembrar-se dos ensinamentos do pai, sobre caça e como encontrar e colher plantas comestíveis na floresta. Assim, ela conheceu seu melhor amigo Gale, dois anos mais velho e também órfão, vitima do mesmo inscidente que matara seu pai. Juntos eles formam uma espécie de time, e compartilham a caça e a colheita. Assim conseguem vencer a fome e sustentar suas famílias.
     No dia da colhieta do 74° Jogos Vorazes, eis que Prim Everdeen é sorteada como tributo. Não podendo suportar ver a pessoa mais preciosa em sua vida forçada a um destino tão cruel, Katniss se oferece como tributo no lugar de sua irmã. Ao seu lado, como tributo masculino, é sorteado Peeta Mellark.
Peeta é um garoto adorável. Filho do padeiro, ele tem grande habilidade artística e força muscular. No momento em que Katniss esteve em grande dificuldade, aos 11 anos, faminta e sem pai, ele lançou em sua direção, um pão queimado. Um pão queimado que ele mesmo havia, propositadamente jogado ao fogo, e que sua mãe, após uma bofetada, mandou que ele atirasse ao porcos, ele porem atirou-o em direção a Katniss, salvando-a e sua família da fome. O que ele não sabe é que por causa deste fato, Katniss pôde enfim encontrar uma maneira de sobreviver.
     Agora ambos serão expostos, como em um grande Show de auditório.  Serão apresentados ao grande público e depois jogados em uma arena com outros 22 tributos para lutarem por suas vidas. Só um deles pode sobreviver.

     O livro é ótimo!! A história é fantástica a narrativa é supergostosa de se ler! Tem uma construção detalhada do cenário político e sócio-econômico. É um livro para ser devorado. Embora tenha ficado morrendo de vontade de ler o próximo, o livro tem começo meio e fim!

Jogos Vorezes
Autor: Suzanne Collins
Editora: Rocco
ISBN: 9788579800245
Ano: 2010
Nº de Págs.: 397 

*****



2 comentários:

Marina disse...

Eu nunca tinha ouvido falar de "Jogos Vorazes" até o dia em que o ser iluminado com quem resolvi dividir a vida (iluminado, paciente, enlouquecedor, enfim...) comprou esse filme no Telecine on demand. Eu não tinha informação alguma sobre o filme ou sobre o livro, etc. Olha, eu gostei bastante e só descobri depois que o filme era baseado em um livro. Lendo sua resenha entendi melhor vários detalhes do filme e também o contexto em que se desenrola a estória.

Mayllee-Chan disse...

Pois é Marina, o filme é muito semelhante ao livro. Na verdade uma das melhores adaptações que eu já vi! Mas infelizmente o tempo do filme não permite a mesma riqueza de detalhes do livro. O que faz o livro infinitamente melhor!^_~

Postar um comentário

 
;